A APEF deslocou-se a Castelo Branco, no dia 20/11 para um rastreio cardiovascular, que visava a angariação de donativos para a missão da Maratona da Saúde, que apoia a investigação científica na área das Doenças Cardiovasculares.

 A Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia, atenta às necessidades do interior do país, sobretudo no que diz respeito à população mais idosa, muitas vezes esquecida nestas iniciativa, deslocou-se a Castelo Branco, no dia 20 de novembro, para um evento que pretendia promover o contacto direto entre os estudantes de Farmácia e a população, alertando e prevenindo para o flagelo das Doenças Cardiovasculares (DCV). 

Com o objetivo de combater duplamente este problema comunitário, a APEF ambicionou contribuir, não só para a consciencialização da população para a importância da saúde cardiovascular, mas também apoiar a investigação científica neste âmbito, para que novas armas terapêuticas possam surgir.

Assim, surgiu a parceria com a Maratona da Saúde, que pretende auxiliá-la na sua missão de sensibilizar e financiar a investigação científica em Portugal na área das Doenças Cardiovasculares.

O plano era simples, a população foi incentivada a realizar “Km solidários pela Maratona da Saúde”, no decorrer do Rastreio Cardiovascular, de modo a relembrar a importância da prática de exercício físico. Estes quilómetros foram percorridos numa passadeira estática e pretende-se agora que, através desta iniciativa de crowdfundingsejam angariados donativos que possam fazer corresponder cada quilómetro percorrido, num valor monetário como forma de apoio a esta importante causa.

Objetivo: 20 euros por cada 1000m, dos 25.000m percorridos!


APEF

Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia

Deixar uma resposta