ADIFA

Testemunhos

Concluí a minha licenciatura na Faculdade Farmácia da Universidade de Lisboa em 2000 e ingressei de imediato na ANF, no Departamento de Apoio ao Associado. Esta experiência profissional, para além de uma formação de base excecional, permitiu-me conhecer a realidade de dezenas de farmácias e farmacêuticos comunitários em todo o território, compreendendo as suas diferentes realidades. Posteriormente, surgiu a possibilidade de me tornar proprietário de farmácia, desafio que abracei, continuando ligado à ANF através da estrutura associativa de proximidade.

 

Em 2003, surgiu o convite para ingressar a Direção da União dos Farmacêuticos (em processo de fusão com a Codifar, que originou a Udifar), iniciando-se, assim, a minha ligação ao setor da Distribuição Farmacêutica. Foi nesse contexto que, através do contacto com os colegas que lideraram os destinos da Cooperativa nas últimas décadas, percebi e interiorizei o interesse estratégico e a necessidade de uma ligação próxima entre a Farmácia Comunitária e o setor da Distribuição Farmacêutica.

 

Na sua génese, o envolvimento de colegas na criação da primeira Cooperativa de Distribuição em 1935 (União dos Farmacêuticos), visava responder ao abastecimento de todo o território em condições de equidade e qualidade. Com o decorrer dos anos, ultrapassado o desafio primário da distribuição logística a nível nacional, o interesse estratégico passou também a ser direcionado para a defesa da economia e sustentabilidade da farmácia comunitária.

 

O farmacêutico no setor da Distribuição tem assumido um papel essencial, através da Direção Técnica, posição em que reúne um conjunto alargado de responsabilidades técnicas, regulamentares e de qualidade. Porém, nos últimos anos, com o desenvolvimento do setor, temos assistido a uma diversificação do seu papel abrangendo outras áreas, nomeadamente a nível comercial, relação com a indústria farmacêutica, qualidade, gestão e administração.

 

Mantendo o meu percurso enquanto farmacêutico comunitário, a minha intervenção no setor da Distribuição foi sobretudo participando nas estruturas associativas. Em 2013 na Divisão Farmacêutica da Groquifar e na Ordem dos Farmacêuticos, e posteriormente, em 2017, enquanto membro fundador (em representação da Udifar) e Presidente da ADIFA - Associação de Distribuidores Farmacêuticos.

 

A constituição da ADIFA foi, sem dúvida, um importante momento de afirmação e reconhecimento do setor da Distribuição Farmacêutica, aumentando a sua visibilidade e a capacidade de intervenção dos Distribuidores Farmacêuticos de Serviço Completo.

 

Entre 2010 e 2014, Portugal atravessou a maior crise económica e financeira das últimas décadas, e estes anos foram um duro teste à capacidade das farmácias e distribuidores, com um forte ajustamento do valor económico do mercado, por via da redução administrativa de preços e margens dos medicamentos.

 

Os desafios que se colocam hoje em dia continuarão a exigir a capacidade técnica, inovação, flexibilidade, e determinação dos farmacêuticos. É essencial que as Farmácias e a Distribuição possam disponibilizar mais medicamentos, de novas áreas terapêuticas, assegurando a proximidade e coesão territorial. É fundamental que se inverta a tendência crescente da escassez de medicamentos a nível mundial e em particular em Portugal. Os valores éticos, deontológicos e de serviço de interesse público, têm de se sobrepor a questões políticas ou macroeconómicas. O acesso ao medicamento é um direito fundamental, que nós farmacêuticos temos o dever e a responsabilidade de assegurar.

 

Concluo este testemunho pessoal, na expetativa de sensibilizar e motivar outros colegas para uma participação e colaboração no futuro dos farmacêuticos e na nossa missão social. Considero fundamental a aprendizagem e formação contínua ao longo da nossa vida profissional, o envolvimento nas estruturas associativas setoriais e da comunidade, mantendo o espírito e ambição, para todos os dias nos questionarmos e repensarmos o nosso papel na evolução do setor e da sociedade.


Dr. Diogo Gouveia
Presidente ADIFA (2017-2020)