Associação Nacional das Farmácias

A Associação Nacional das Farmácias (ANF) foi fundada em outubro de 1975, a partir da estrutura do Grémio Nacional das Farmácias. Representa 97% das Farmácias Portuguesas e tem como missão a defesa dos interesses morais, profissionais e económicos dos proprietários de Farmácia.

 

O reforço da intervenção político-associativa e a aposta da ANF na melhoria contínua do exercício profissional na Farmácia têm contribuído para a consolidação dos padrões de qualidade dos serviços prestados, promovendo a credibilidade e a confiança dos cidadãos no setor.

 

Representa os proprietários de Farmácia e é representada localmente por delegados de círculo, de zona e regionais, eleitos pelos sócios.

 

Tem como Missão:

  • Fazer das Farmácias a rede de cuidados de saúde primários mais valorizada pelos portugueses.

TESTEMUNHO

”Olá, o meu nome é Catarina Valentim Lourenço.

Sou farmacêutica e terminei o curso na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa em 2015. Este foi um ano marcante a nível profissional, pois além de ser um ano de Erasmus, estágios e apresentação de tese foi também o ano integrei o CEDIME, onde atualmente trabalho.

O CEDIME é o Centro de Informação do Medicamento e Intervenções em Saúde da ANF e divide-se em 3 áreas: Intervenções em Saúde, Literacia em Saúde e Informação Técnico Científica. Atualmente integro a Área de Literacia em Saúde – aqui as minhas principais funções consistem na elaboração e validação de materiais de apoio à prática profissional e ainda materiais para utentes sobre saúde e bem-estar. Isto significa que produzimos documentos temáticos para as farmácias, por exemplo sobre informações de segurança e uso correto de medicamentos e, paralelamente, fazemos conteúdos para utentes, com o objetivo de promover o uso responsável do medicamento, estilos de vida saudáveis e a própria literacia em saúde. É uma área que pode ser desafiante por ser tão vasta no que diz respeito a temáticas e implica estarmos constantemente em cima de diversos assuntos. É também uma área onde o gosto pela escrita e comunicação são essenciais e uma mais valia.

Paralelamente a este trabalho na área da Literacia, sou a responsável pela Gestão Operacional do Serviço de Consultas. O Serviço de Consultas é uma área transversal a todo o CEDIME, sendo constituído por elementos de todas as 3 áreas major. É, no fundo, um serviço de atendimento telefónico onde recebemos, diariamente, telefonemas de farmácias a solicitar apoio em diversas questões de âmbito técnico científico, seja um pedido de um medicamento em Portugal igual a um medicamento de outro país, seja uma listagem de produtos que possam ser recomendados na gravidez para uma indicação em particular. É uma atividade altamente estimulante permitindo ter um conhecimento mais aprofundado sobre diversas áreas da farmácia. Pode ser um desafio pois implica uma atualização constante, conhecimento de diversas bases de dados diferentes e capacidade de adaptação. No entanto temos um papel ativo junto das farmácias e podemos contribuir, de forma mais direta, para que as farmácias se tornem a rede de cuidados de saúde mais valorizada pelas pessoas.”