No seguimento da disponibilização dos Regulamentos de Quotas e Taxas e de Admissão da Ordem dos Farmacêuticos para um período de consulta pública, a APEF partilha as conclusões enviadas à Direção Nacional, relativamente ao previsto em ambos os Regulamentos para o Estatuto de Membro Estudante da Ordem dos Farmacêuticos.  

Regulamento de Admissão

O processo de admissão previsto para o acesso ao estatuto de membro estudante da Ordem dos Farmacêuticos é simples, principalmente por ser realizado via online, isentando o aluno de qualquer procedimento físico para a obtenção do mesmo. A documentação exigida para o efeito também é considerada reduzida, congratulando-se a manutenção do mesmo procedimento, bem como a sua abrangência apenas aos alunos do quarto e quinto ano curricular do MICF.  Reitera-se a necessidade de uma maior divulgação do estatuto por parte da Ordem dos Farmacêuticos no seio da comunidade estudantil do MICF, para que o número de estudantes nesta condição seja aumentado e o seu objetivo cumprido na plenitude.

Regulamento de Quotas e Taxas

A manutenção da isenção de custos para os estudantes é vista com agrado pela APEF.

Relativamente à taxa de inscrição, apesar de não afetar diretamente os associados da APEF, consideramos que num futuro próximo os mesmos estarão perante essa situação. Assim, após a divulgação pública do parecer da Associação Portuguesa de Jovens Farmacêuticos (APJF) relativamente ao regulamento de quotas e taxas, a APEF comunicou também à Direcção Nacional da Ordem dos Farmacêuticos a partilha da preocupação com a APJF do elevado valor da taxa de inscrição proposto pelo regulamento.


APEF

Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia

Deixar uma resposta