Antes do 25 de Abril, a saúde estava a cargo das famílias, das instituições privadas ou da previdência. Não existiam hospitais, médicos espalhados pelo país ou acesso assegurado a todos os portugueses. O Serviço Nacional de Saúde foi implementado em Portugal em Setembro de 1979 e, só a partir desse momento, os portugueses passaram a dispor de um sistema que assegura uma cobertura de saúde universal a cargo do Estado.

 

No entanto, e face à democracia que hoje vivemos, existe uma ampla diversidade de ideologias políticas e, como tal, diferentes opiniões face ao SNS, ao papel do Estado na Saúde e à intervenção dos contribuintes no mesmo. Estas diferentes visões geram discussão sobre aquela que será a forma mais justa de fornecer Saúde ao cidadão português.

 

Qual é a visão que os políticos têm para a Saúde em Portugal? Qual o papel do Governo na Saúde? E que próximas medidas serão executadas neste setor?

Poderás contar com representantes do espetro político para responder a estas perguntas e diversas outras, abordando também a cobertura de saúde universal a cargo do Estado, o acesso a cuidados de saúde e o impacto das desigualdades a este nível.

Não percas o ll Fórum de Discussão, via Zoom, a ocorrer dia 10 de Novembro, pelas 20h!


APEF

APEF

Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *