No dia 14 de junho celebra-se o dia Mundial do Dador de Sangue. Por essa razão, a APEF decidiu assinalar esta data, relembrando todos os estudantes que ser dador de sangue pode realmente assumir um grande impacto na vida de outras pessoas.


Não sabes se podes ser dador de sangue, nem onde te podes dirigir para o fazer? Continua a ler este artigo se quiseres saber mais sobre este assunto!


Em Portugal, a entidade responsável pela regulamentação, a nível nacional “da atividade da medicina transfusional e da transplantação”, garantindo “a dádiva, colheita, análise, processamento, preservação, armazenamento e distribuição de sangue humano, de componentes sanguíneos, de órgãos, tecidos e células de origem humana”, é o Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST). 

De acordo com o Relatório de Atividade Transfusional e Sistema Português de Hemovigilância de 2018, nesse ano verificou-se um número total de dadores de sangue de aproximadamente 203 000 pessoas, sendo que desses, cerca de 14% têm entre 18 e 24 anos.


Qualquer pessoa pode dar sangue?

Existem vários fatores que poderão influenciar a tua elegibilidade enquanto dador de sangue, como algumas situações clínicas recentes, ou até a toma de alguns medicamentos.No entanto, de forma geral, um indivíduo que pretenda ser dador de sangue deverá: 

  • Ter idade igual ou superior a 18 anos (e até aos 60 anos, para uma primeira dádiva);
  • Pesar 50kg ou mais;
  • Ter hábitos de vida saudáveis;
  • Ser sujeito a uma triagem clínica prévia à dádiva de sangue, de modo a garantir que tudo está conforme os requisitos necessários.

Onde me posso dirigir para dar sangue?

Se quiseres ser dador de sangue, poderás dirigir-te a um dos vários locais de colheita existentes em Portugal, que poderás consultar em dador.pt. 

Algumas Instituições de Ensino Superior (IES) organizam este tipo de iniciativas nas suas instalações, pelo que, se tiveres interesse, poderás informar-te junto da tua Associação/Núcleo local.


É necessário ter algum cuidado prévio ou posterior à dádiva de sangue?

Antes de efetuares a dádiva de sangue, deverás garantir a ingestão de uma refeição ligeira, uma boa hidratação e evitar grandes períodos de exposição solar. 

Posteriormente, deverás continuar a hidratar o teu corpo e evitar a prática de exercício físico nesse dia, bem como a exposição solar durante longos períodos de tempo.


Se quiseres saber mais sobre as dádivas de sangue e esclarecer outras dúvidas que tenhas poderás consultar o website do IPST e a plataforma Dador.


Agora que já sabes um pouco mais acerca das campanhas de dádivas de sangue em Portugal, a APEF gostaria de te dar a conhecer um projeto de que certamente já ouviste falar!

A Vampire Cup é uma iniciativa organizada pela International Pharmaceutical Students’ Federation (IPSF) a nível internacional, e pela APEF, a nível nacional, que premeia as Associações-Membro que, através de campanhas de dádivas de sangue, conseguirem doar o maior número de litros de sangue.

Este ano, apesar da impossibilidade de realizar este tipo de campanhas de forma presencial nas IES, surgem novas opções para que os estudantes possam auxiliar as respetivas Associações/Núcleos locais a participar nesta atividade a nível internacional, enquanto contribuem para a causa tão nobre que o ato de dar sangue representa.


Queres saber como? Entra em contacto a partir do e-mail deps@apef.pt ou junto do responsável pelas campanhas de dádivas de sangue da tua Associação/ Núcleo local.



Categorias: Uncategorized

APEF

APEF

Associação Portuguesa de Estudantes de Farmácia

0 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *