O que é a Rede Alumni?

A Rede Alumni é um projeto que engloba antigos dirigentes da APEF, que desejam continuar em contacto com a Associação e contribuir com as suas experiências associativas e profissionais para o desenvolvimento da Associação.

Como posso integrar a Rede Alumni

Consulta o Regulamento da Rede Alumni da APEF

Deverás escolher as áreas de interveção onde deseja estar envolvido de forma mais próxima.

Poderás esclarecer as tuas dúvidas contactando redealumni@apef.pt.

Conhece os nossos Alumni!

Farmacêutica – Indústria Farmacêutica

Que competências adquiriu, enquanto Dirigente Associativo da APEF?

Tolerância – algo fundamental que o associativismo trabalha diariamente. Tolerância pelo trabalho de cada elemento de uma direção, tolerância pelos desafios que enfrentam e, também, tolerância com o que ficou por fazer ou não ficou perfeito. 

Colaboração – O trabalho em equipa é fundamental para trazer as melhores ideias aos projetos onde estamos envolvidos. Acredito que a colaboração que trabalhei enquanto dirigente associativa me traz hoje uma perspetiva muito mais aberta a novas ideias, culturas e sugestões “fora da caixa”

Coragem – É preciso ser corajoso para ser dirigente associativo. Quando bem feito, somos constantemente obrigados a sair da zona de conforto, pressionados pela nossa própria equipa, mas também pelos membros a quem temos de “prestar contas”.

Qual deve ser o contributo do estudante de Ciências Farmacêuticas perante a atualidade do setor? 

Como o Prof. Aranda da Silva me confidenciou uma vez: é fácil invejar a posição privilegiada dos estudantes quando é necessário tomar posições ou dar sugestões porque os estudantes não têm “strings attached” e ainda não têm compromissos com entidades patronais ou outras associativas. Podem abrir o jogo quando querem, sem ferir suscetibilidades, sendo, muitas vezes, a única, ou uma das poucas, vozes que consegue ser a mais honesta e verdadeira sobre os mais diversos assuntos. Por este motivo, o contributo do estudante de Ciências Farmacêuticas é incalculável: se por um lado deve reivindicar a melhor qualidade de ensino e acesso a oportunidades desafiantes, por outro lado são também importantes guardiões que devem estar na génese e vanguarda do farmacêutico do futuro. Contamos convosco!

Quais as valências que um estudante adquire integrando o Associativismo? 

Todas as que quiser e mais algumas sem sequer dar por isso! Alguns exemplos: Tolerância, Colaboração, Coragem e Inovação.

Mensagem para os estudantes participarem em mais iniciativas e integrarem as organizações que os representam 

If you change nothing, nothing will change” – Albert Einstein

Diana Carvalho

Mandatos 2015-2017

Estudante do 5º ano, FFUP

Que competências adquiriu, enquanto Dirigente Associativo da APEF?

Ser Dirigente Associativo da APEF permitiu-me desenvolver competências de trabalho em equipa, resiliência e sobretudo espírito crítico e proatividade face ao que nos rodeia.

Qual deve ser o contributo do estudante de Ciências Farmacêuticas perante a atualidade do setor?

Um estudante de Ciências Farmacêuticas deve procurar acompanhar e ter uma posição proativa perante a atualidade do setor.

Quais as valências que um estudante adquire integrando o Associativismo?

São inúmeras as valências que um estudante adquire no Associativismo. Desde logo o desenvolvimento de uma opinião crítica e proativa face ao que o rodeia. Além da capacidade de gestão de tempo e de prioridades aliada à criação de um espírito intercolaborativo que lhe permitirá uma maior capacidade de adaptação e resiliência no seu modo de atuação.

Mensagem para os estudantes participarem em mais iniciativas e integrarem as organizações que os representam

O Associativismo permite a qualquer estudante, não só desenvolver competências transversais essenciais ao seu desenvolvimento pessoal e profissional como, acima de tudo, permite que participe ativamente na representação e defesa dos valores e alicerces dos farmacêuticos do futuro. Não deixes de te envolver nas mais diversas iniciativas das organizações que te representam e de ir mais além, com a tua integração junto destas organizações como a APEF ou os seus membros representantes locais dos estudantes das várias IES.

Sónia Guerra

mandato 2018-2019